Michael Kors cita 3 mulheres bem diferentes porém todas ícones americanas como referências do seu pré outono-inverno 2015/16: Baby Jane Holzer, uma das socialites superstars de Andy Warhol; Winona Ryder, a eterna garota-prodígio (e problema!) de Hollywood; e Taylor Swift, a cantora que pulou do country ao pop e só vende mais e mais.

1990

 

michael3poamimichael 360

Como tudo isso se encontra aqui? Fácil dizer que, na verdade, a coleção toda parece mais próxima de Swift mesmo: das listras navy ao poá, do poá 3D de perolinhas às saias volumosas. Talvez a calça, mix de smoking com a faixa lateral e do espírito esportivo do jogging, seja mais Winona – principalmente pelo seu climinha noventista.

michark

MICHAEL KORS5 MICHEL4

michael5

 

Deixe uma resposta